Porque deves considerar estratégias de desenvolvimento de uso misto para o teu próximo projeto?

Introdução

Já alguma vez te deparaste com o termo “desenvolvimento de utilização mista” no âmbito do desenvolvimento imobiliário ou da arquitetura e perguntaste: “Será que preciso mesmo de entrar nesta onda?” ou “Porque é que é importante incorporar uma estratégia de desenvolvimento de utilização mista no meu próximo projeto?”.

Bem, desmancha essas sobrancelhas e limpa o ceticismo, porque aqui estou eu, pronto para desvendar algumas percepções sobre os desenvolvimentos de utilização mista e porque é que podem ser um bilhete dourado para os teus próximos projectos!

O que são empreendimentos de uso misto, afinal?

Em primeiro lugar, vamos explicar este termo extravagante. O desenvolvimento de uso misto refere-se a um tipo de estratégia de desenvolvimento urbano que mistura usos residenciais, comerciais, culturais, institucionais ou industriais, todos conjurados num ecossistema harmonioso. Implica que todos estes usos do solo estão física e funcionalmente integrados e são geridos coletivamente.

Imagina viver, trabalhar, fazer compras e ter actividades sociais, tudo dentro do teu bairro. Parece futurista, não achas? É isso que são os empreendimentos de utilização mista para ti. Se precisares de alguma inspiração sobre o que é o desenvolvimento de utilização mista, consulta este livro sobre Case Studies in Mixed-Use Development.

Amigo do Investimento

A economia global está a mudar rapidamente e as cidades estão a evoluir mais depressa do que o Super-Homem pode salvar o dia. Os investimentos em edifícios com uma única função estão a sentir o impacto destes ventos de mudança. Os edifícios de utilização mista, por outro lado, são economicamente favoráveis devido às suas características adaptáveis. Os lucros gerados por vários tipos de instalações no mesmo edifício, tais como escritórios, apartamentos e áreas de comércio a retalho, podem ser uma solução ideal para condições de mercado variáveis e, por conseguinte, um investimento bastante sustentável!

Ecologicamente Sustentável

Os empreendimentos de utilização mista são amigos do ambiente quando comparados com as expansões urbanas tradicionais. As comunidades compactas e transitáveis resultam numa diminuição da utilização de automóveis, reduzindo a poluição atmosférica e a pegada de carbono global.

Além disso, como os edifícios de utilização mista suportam diversas utilizações, os pormenores arquitectónicos ecologicamente conscientes podem ser praticados de forma mais eficiente. Assim, não é apenas a tua conta bancária que está a sorrir, mas também a Mãe Natureza! Para teres uma perspetiva, podes consultar este artigo – How to Promote Mixed-Use Development.

Diminui o incómodo das deslocações

Imagina todas as tuas necessidades diárias a poucos passos de distância. Com os empreendimentos de uso misto, a rotina diária de deslocações pode ser minimizada. Viver perto de escolas, escritórios, lojas, centros de bem-estar e instalações recreativas não é apenas uma utopia, mas também uma caraterística fundamental dos empreendimentos de utilização mista. Como resultado, o stress físico e mental das exaustivas deslocações diárias de carro para carro pode ser erradicado!

Sociabilidade e Segurança

Os empreendimentos de utilização mista criam espaços socialmente viáveis. As utilidades polivalentes do edifício contribuem para um horário de funcionamento mais alargado. Isto garante a segurança da comunidade, uma vez que há sempre pessoas a vigiar as ruas.

Além disso, os locais de encontro descontraídos podem incentivar um forte sentimento de comunidade. Quer se trate de um espetáculo de moda na praça de compras da comunidade, ou de uma sessão semanal de “hops and sips” no ponto de água mais baixo, ou talvez de um mercado de doces nos feriados – fantástico para criar laços sociais!

Conclusão

Os empreendimentos de utilização mista podem ser ideais para criar comunidades envolventes, onde as pessoas sentem o conforto, a segurança e as comodidades que anseiam nos bairros tradicionais, mas desfrutam da conveniência e da vitalidade da vida urbana. A adoção destas concepções versáteis pode não só beneficiar financeiramente os promotores, mas também contribuir para um habitat social e ambiental mais favorável.

Por isso, para o teu próximo projeto, aplica alguma magia do desenvolvimento de utilização mista. Esboça os esboços do projeto com plantas que destacam a sustentabilidade e a flexibilidade, por um lado, e a rentabilidade, por outro. Desfrutando de uma experiência gratificante, vais elogiar-te por teres dado este passo inteligente!

Adios, até lá, deixa que esta frase te passe pela cabeça – “Go Mixed, not vexed!” Imagina que libertas a vantagem do uso misto para o teu empreendimento em desenvolvimento, e adivinha? Podes estar a lançar as sementes de uma selva urbana mais moderna, mais simpática e harmoniosa!

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *