Os piores erros a evitar ao instalar dispositivos de Internet das Coisas em casa

Introdução

Já alguma vez pensaste em transformar a tua casa numa casa inteligente? Um lar ligado à Internet, do qual tu podes controlar diversas funções através do teu telefone ou um assistente de voz. Estamos a falar do fenómeno bem conhecido como Internet das Coisas (IoT).

De facto, IoT está a transformar a indústria da automação residencial. Seja a tua televisão inteligente, o sistema de iluminação, a segurança da casa ou mesmo a rega das tuas plantas, quase tudo agora pode ser controlado de forma remota e otimizada ao máximo.

Contudo, nem tudo são rosas. Ao detetar o potencial da IoT, os hackers encontraram uma ótima maneira de violar a tua privacidade e te pôr em perigo. É por isso que cuidados devem ser tomados ao instalares dispositivos IoT em casa. Abaixo, vamos analisar os piores erros a evitar ao instalar dispositivos de Internet das Coisas em casa.

Não atualizar regularmente o firmware e o software

Diremos isto muitas vezes: a falha mais comum ao instalar dispositivos IoT é não atualizar o firmware e o software. Os fabricantes de IoT regularmente corrigem vulnerabilidades de segurança e melhoram a funcionalidade dos dispositivos através de atualizações de firmware e software, da mesma forma que atualizas o teu telefone ou computador.

Para garantires a segurança e um desempenho ótimo, é importante que mantenhas os teus dispositivos IoT atualizados. Mas se tu procurares uma solução mais fácil, podes escolher dispositivos que oferçam atualizações automáticas.

Ignorar as funcionalidades de segurança do dispositivo

Outro erro comum é não prestar atenção às funcionalidades de segurança dos dispositivos IoT. A maioria dos dispositivos modernos possui excelentes funcionalidades de segurança, mas se estiveres a utilizar dispositivos mais antigos, pede conselho a um profissional.

Recomendamos também olhar para dispositivos que ofereçam dois fatores de autenticação. Por exemplo, uma câmera de segurança que requeira uma senha e um número de telefone para garantir que somente tu possas aceder ao teu dispositivo.

Não mudar as credenciais padrão

Outro erro que alguns cometem é manter as credenciais padrão. É bastante arriscado manter as configurações de fábrica do teu dispositivo, pois muitos dos atacantes já conhecem essas credenciais e, portanto, encontrarão mais fácil invadir estes dispositivos. Certifica-te de alterar as credenciais padrão logo após a instalação do teu dispositivo IoT.

Ignorar suas opções de privacidade

Alguns dispositivos IoT, como assistentes de voz (Alexa, Google home, etc) podem coletar dados a respeito de suas atividades propositadamente para proporcionar uma melhor experiência utilisateur. Eles podem inclusive utilizar essa informação para publicidade direccionada.

Se não estiveres confortável com isso, verifica as opções de privacidade do teu dispositivo. Existem configurações que permitem limitar a informação coletada.

Um exemplo de dispositivo IoT que permite controlar configurações de privacidade é a Alexa, da Amazon: Alexa

Conclusão

A digitalização está a tomar o mundo a uma velocidade que nunca foi vista antes, particularmente nos domínios da IoT, permitindo-nos conectar praticamente qualquer dispositivo que usemos diariamente a Internet. Esta situação oferece-nos uma oportunidade sem precedentes de melhorar as nossas vidas e tornar as nossas casas mais inteligentes e eficientes, mantendo uma maior segurança geral.

Porém, antes de colocarmos os dispositivos IoT de forma indiscriminada, devemos evitar estes erros comuns para garantir uma experiência agradável, segura e de alta qualidade neste crescente método de modernizar a nossa casa e estilo de vida.

Em regra, é sempre uma boa ideia pesquisar e tomar medidas preventivas na instalação de qualquer novo dispositivo IoT. Pequenas coisas como a leitura e compreensão das instruções de instalação e configuração, poderiam ser as proteções entre ti e problemas futuros. Portanto, aproveita ao máximo os teus dispositivos IoT sem comprometer a tua segurança.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *