Porque deves considerar o design biofílico na tua casa?

Introdução

Nos últimos tempos, tem-se verificado uma tendência crescente para a criação de espaços de vida e de trabalho que ecoam o ambiente natural. Esta tendência é alimentada pelo reconhecimento de que a interação com elementos naturais não é apenas agradável num sentido superficial, mas também promove o bem-estar. Então, qual é o nome desta tendência? Bem, vamos mergulhar no mundo do design biofílico.

O que é o Design Biofílico?

A biofilia, tal como definida por E.O. Wilson, é a “sensibilidade estética, a atração humana inata pela vida e pelos processos semelhantes à vida, tal como aparecem na natureza”. Levando este conceito um pouco mais longe, o design biofílico incorpora elementos naturais no design arquitetónico para criar um ambiente de vida mais holístico e saudável. O conceito centra-se na necessidade de os seres humanos se ligarem à natureza, especialmente porque os estilos de vida urbanos resultam frequentemente na desconexão com o mundo natural.

O design biofílico utiliza muitos elementos diferentes, desde conceitos amplos como a utilização de luz natural e espaços abertos para imitar o ambiente exterior, a características mais específicas como plantas de interior, fontes de água corrente e até decorações inspiradas na natureza. Este design não significa que a tua casa tenha de se parecer com uma estufa. O importante é que a adição de elementos naturais pode fazer a ponte entre a natureza e os espaços fechados, como casas ou escritórios.

Porque considerar o design biofílico para a tua casa

Vês as fotografias bonitas, mas há mais do que parece. Existe um conjunto substancial de investigação que apoia a afirmação de que o design biofílico pode, de facto, melhorar a qualidade das nossas vidas. Eis porque o deves considerar para a tua casa:

Promove o bem-estar físico

Está provado que os espaços verdes melhoram a qualidade do ar e aumentam o fluxo de oxigénio, aumentando o bem-estar geral e aliviando problemas de saúde como a asma e as alergias. Além disso, a presença de água não só acrescenta valor estético, como também aumenta a humidade natural no ambiente, o que é bom para a saúde do teu sistema respiratório.

Melhora o bem-estar mental

Os seres humanos anseiam inerentemente por uma ligação com a natureza. A relevância da natureza nos nossos ambientes de vida tem demonstrado um impacto positivo dramático no bem-estar mental das pessoas, reduzindo os níveis de stress e ansiedade e afectando positivamente o humor.

Melhora a produtividade e a criatividade

Um estudo revelou que os trabalhadores de escritório com vistas para a natureza registaram um nível de bem-estar 15% superior e foram 6% mais produtivos e 15% mais criativos. Traduzindo isto para casa, consegues imaginar o nível de produtividade que poderias ter quando trabalhas em casa?

Um sentido de lugar

O design biofílico promove uma forte ligação às particularidades de um lugar, promovendo um sentimento de ligação ao ambiente imediato. Por outras palavras, estes elementos de design podem fazer com que uma casa se sinta mais como um lar, um santuário onde realmente pertences.

Trazer o design biofílico para a tua casa

Tomar medidas para adotar o design biofílico não implica uma renovação completa da casa. Trata-se de integrar conscientemente elementos do ambiente natural na tua casa. Pensa em luz natural de largo espetro, vistas desobstruídas de paisagens exteriores, utilização de materiais naturais (pensa em móveis de madeira), elementos de água e inclusão de plantas em casa.

Conclusão

O design biofílico oferece-nos a oportunidade de criar melhores espaços de vida com um ambiente sem stress, melhor saúde e produtividade e uma ligação mais profunda ao mundo. E lembra-te, nenhuma mudança é demasiado pequena – cada elemento de design biofílico que trazes para a tua casa é um passo mais perto de criar harmonia entre o teu espaço de vida e o mundo natural. Por isso, quando pensares em melhorar a tua casa, pensa seriamente no design biofílico. Não te vais arrepender.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *